Oposição protesta contra o assassinato de Zungueira mas sem apoio do MPLA

Um grupo de oito deputados da CASA-CE apresentou esta quarta-feira, 20 de março, no Parlamento, uma moção de protesto contra o assassinato de uma zungueira, palavra angolana que em português significa vendedora ambulante. Juliana Kafrique, de 29 anos, foi morta à queima-roupa por um agente da Polícia Nacional na semana passada, no bairro Rocha Pinto.

“Hoje, em tempo de paz, continuamos a morrer pelo simples facto de lutarmos contra a indigência a que temos sido votados, pela insensibilidade de quem nos desgoverna”, pode ler-se no documento. A coligação angolana acrescenta que “nós, os deputados da Assembleia Nacional, não podemos ser cúmplices do esgotamento da paciência do soberano, o povo angolano, porque a história da humanidade é fértil em exemplos das nefastas consequências que possam daí advir”.

“Usemos o poder que nos foi conferido pelo mandato do povo, usemos os dispositivos constitucionais e legais, para pôr em ordem nestes actos bárbaros”, refere ainda.

Após uma hora de debate, a moção foi votada favoravelmente por todos os deputados da oposição, à exceção do deputado David Mendes, mas recebeu votos contra do grupo parlamentar do MPLA, à exceção dos deputados Roberto de Almeida e Manuel Vicente, que se abstiveram.

Para o líder parlamentar do MPLA, Américo Cuononoca, esta iniciativa da CASA-CE, apoiada pela UNITA, “é um aproveitamento político”, tendo “o acidente mortal da cidadã Juliana Kafrique” sido “um acto involuntário”.

Entretanto, na sessão plenária realizada na terça-feira, 19 de março, foi aprovado o Projeto de Resolução, que aprova, para ratificação, o Acordo de Cooperação entre os Governos de Angola e da Guiné Equatorial no domínio da defesa.

Os parlamentares votaram ainda o Projeto de Resolução que aprova, igualmente para ratificação, o Tratado entre Angola e a Rússia sobre Auxílio Judiciário Mútuo em Matéria Penal, além do Projecto de Resolução que aprova o Relatório das Atividades da Entidade Reguladora da Comunicação Social Angolana (ERCA).

Fonte: e-global

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.