ENTRE O VALOR DA VIDA HUMANA E O INTERESSE POLÍTICO

Por: António Tuma

É muito lastimável de como certos Países lusófonos e entre outros, ignoram o conflito que perdura a mais de quatro décadas entre Cabinda e Angola. O Interesse político tornou-se o mais valorizado que a própria vida Humana, em que preferem ignorar a dignidade e a Identidade dum certo povo, se mantendo em silêncio olhando apenas nos interesses.

Eu questiono a Comunidade Internacional, será que a vida do povo Cabindês não tem nenhuma importância? Será que não temos o direito de usufruir a nossa própria Identidade que até agora se encontra encarcerada pelo regime Angolano? Será que a História e a Cultura dum povo é menos importante que os interesses políticos?

Pois eu digo que não existe nenhuma nação sem uma história e cultura , porque entendo que é com a história e cultura que se constitui uma Nação.

Por outro, entendemos que para se combater à corrupção em Angola, a ONU, a U.E e a U.A, têm de pressionar em primeiro lugar, o governo angolano que se abstenha das suas acções que consistem, em continuar a corromper à comunidade internacional para que permaneça calada no que concerne à ocupação ilegal e militar de Angola sobre o território de Cabinda que luta para à sua Autodeterminação.

Logo Angola, continua a investir milhões de dólares para o silenciamento da opinião nacional e internacional….

Fonte: Mpalabandacabindanews

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.