Angola e o enigma da dupla nacionalidade

Detida por dirigentes nos órgãos de soberania!

Para vossa informação e aproveitando já o texto do Jornalista Ismael Mateus, dizer que o governador de Cabinda Eugénio César Laborinho, tem nacionalidade portuguesa ( ou seja é luso-angolano). E segundo informações é em Portugal onde tem guardado milhões de dólares desviados quer do Serviço Nacional de Protecção Civil e Bombeiro e agora do território de Cabinda!

Por VOC-Mbembu Buala

“QUE LIÇÕES TIRAR DAS ÚLTIMAS DECLARAÇÕES DA DEPUTADA “

Há uma lição que temos a tirar das últimas declarações fugas e revelações: este país esteve empregue a estrangeiros. Uma vez num artigo que se tornou polêmico pelas críticas que na altura me foram feitas, apelidei-os de “angolanos de ocasião”. E hoje vemos aquilo que eu sempre soube e afirmei.

O nosso estado não se protegeu, não nos protegeu suficientemente contra essa gente que usa a condição de angolano para roubar o país, sacar o máximo, apropriar-se de tudo o que possam, para depois usar a outra, as outras nacionalidades como refugio. Essa sempre foi a estratégia e o objectivo dos que foram ou já foram e dos outros que fazem o mesmo e ainda hoje se fazem passar por angolanos.

Quantos membros do governo têm apenas a nacionalidade angolana? Quantos deputados tem apenas a nacionalidade angolana? Quantos decisores de top têm apenas a nacionalidade angolana? Quantos juízes de top têm apenas a nacionalidade angolana?

Contas feitas este é o problema: Essa gente nunca amou o país. Nunca foi daqui. Sempre estiveram com os dois pés lá fora e a mão metida no bolso dos angolanos. São “angolanos de ocasião”. São angolanos quando lhes convém, quando é para ganhar dinheiro e enriquecer.

E a raiva disso tudo é que ainda virão uns espertalhões aqui no meu mural acusar-se de “radicalismo”.

Parece básico, mas isso explica o facto de nunca terem sentido a nossa dor. Era tanta a nossa dor, como não a sentiam? Não podiam. Nunca foram daqui.

Obs.: não confundir cidadão normal com duas ou múltiplas nacionalidades com titulares de cargos de soberania ou de representação do Estado.

Bom domingo.

Por Ismael Mateus / in Facebook

Obs: o parágrafo sobre Eugénio Laborinho é da autoria de Magaliza Zola da VOC-Mbembu Buala

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.