FITCH DESCE PERSPETIVA DE EVOLUÇÃO DE ANGOLA PARA NEGATIVA E MANTÉM RATING NO LIXO

Hong Kong, China, 13 jul 2019 – A agência de notação financeira Fitch desceu a Perspetiva de Evolução da economia de Angola, mantendo o país no nível B, abaixo da recomendação de investimento, devido à lenta recuperação económica e ao aumento da dívida pública.

“A revisão da Perspetiva de Evolução da economia de Estável para Negativa reflete a deterioração das métricas da dívida, a contínua queda das reservas externas e uma recuperação económica adiada e mais lenta do que o previsto”, escrevem os analistas na explicação que sustenta a ação de ‘rating’.

A FITCH MANTÉM A OPINIÃO SOBRE A QUALIDADE DO CRÉDITO SOBERANO EM B, ABAIXO DA RECOMENDAÇÃO DE INVESTIMENTO, OU SEJA, ‘LIXO’ OU ‘JUNK’, COMO É NORMALMENTE CONHECIDO.

“O nível de dívida pública continuou a aumentar de 80,2% do PIB, em 2018, para 83,8% este ano, segundo as nossas previsões”, escreve a Fitch, notando que este rácio está “bem acima da média dos países com uma nota ‘B’, nos 59,1%.

O nível de dívida seria ainda maior se as contas da Sonangol fossem incluídas, o que elevaria 88,8% este ano, diz a Fitch, notando que uma parte desta deterioração nas métricas da dívida “é o resultado da depreciação do kwanza, apesar de alguns dos riscos sobre a liquidez da moeda externa estão mitigados, de alguma forma, pelo facto de o governo receber a maioria das suas receitas em dólares”.

Fonte: Lusa

Foto por Folha8

© 2019 VOICE OF CABINDA – MBEMBU BUALA, PELA VERDADE E JUSTIÇA – CABINDA ACIMA DE TUDO E DE TODOS

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.