AGRESSÕES E DETENÇÕES DE ACTIVISTAS MARCA TENTATIVA DE MANIFESTAÇÃO EM LUANDA

VOC

Vários jovens angolanos foram esta manhã agredidos e outros detidos por tentarem se manifestar frente ao Parlamento Angolano.


Em comunicado divulgado esta segunda-feira, a Polícia Nacional, ameaçou responsabilizar criminalmente os manifestantes e apelou população a não optarem pelo protesto.


Entretanto, os activistas que estão a promover a manifestação desta terça-feira, 15 de Outubro, junto à Assembleia Nacional contra o elevado índice de desemprego em Angola, foram ameaçados e proibidos de realizarem o protesto.


Geraldo Dala refere que, para “consumar” o acto “intimidatório”, o Comando Provincial de Luanda da Polícia convocou na manhã desta segunda-feira, 14/10, via telefone o “grupo organizador da marcha contra o elevado índice de desemprego no país” num total de cinco activistas, nomeadamente: Geraldo Dala, Gonçalo Miguel, Marinela Pascoal, Suria Kambinda e Paulo de Melo, para que estes comparecessem nas instalações da corporação.


Junto de altas patentes da Polícia, SIC e SINSE, os activistas receberam a “ordem” para a não realização do protesto, sob pena de serem detidos por crime de desobediência e instabilidade ao país. “Fomos interrogados, proibidos de se manifestarmos e ameaçados de detenções, caso insistirmos sair à rua”, disse Geraldo Dala.


Ainda assim os manifestantes alertam que independentemente do discurso musculado dos agentes da ordem e o que a polícia quiser fazer com os manifestantes, os jovens vão sair em protesto para exigir junto do Parlamento dos 500 mil empregos prometidos pelo João Lourenço durante a campanha eleitoral nas eleições de Agosto de 2017, que deram victória ao então “cabeça-de-lista” do MPLA.

Fonte: O Decreto

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.