EUGÉNIO LABORINHO ADMITE DIFICULDADES DO SEU PELOURO EM COMBATER E PREVENIR O CRIME EM ANGOLA

MINISTRO DO INTERIOR PREOCUPADO COM SOLUÇÕES TECNOLÓGICAS PARA DAR MELHOR RESPOSTAS À CRIMINALIDADES

O Ministro do Interior, Dr. Eugénio César Laborinho, acompanhado de uma Delegação de altos dirigentes do seu pelouro, deslocou-se à China, em missão oficial de Serviço, para avaliar a evolução dos sistemas que estão a ser desenvolvidos com a CEIEC para a implementação do Centro Integrado de Segurança Pública.

No primeiro dia de trabalho, hoje, 27/11/2019, a Delegação angolana visitou a sede da CEIEC, onde foi recebida pelo Presidente do Conselho de Administração da referida empresa, onde foram discutidos aspectos relacionados com a inauguração da primeira fase do CISP.

A China National Electronics Import e Export Coporation (CEIEC) desenvolve uma parceria estratégica com o Ministério do Interior que, entre outras, se consubstancia na criação, construção, implementação e soluções tecnológicas que complementarão o Sistema Integrado de Segurança Pública, que é, sem sombra de dúvidas, uma mais-valia para a segurança pública de Angola. 

Segundo Eugénio Laborinho, o CISP é uma estrutura que irá auxiliar os órgãos de defesa e segurança pública na manutenção da ordem e tranquilidade públicas.

A sua construção, numa primeira fase, vai abranger as províncias de Luanda, Benguela, Huambo e Huíla e, de seguida, as demais províncias do país.

Para a mais alta entidade do MININT, por orientação de Sua Excelência Presidente da República, João Manuel Gonçalves Lourenço, a inauguração da primeira fase do CISP está prevista para o próximo mês de Dezembro. 

“Este Centro de Segurança Pública será regulado por uma lei específica, que é a lei sobre o Sistema de Vídeo e Vigilância, aprovada recentemente pela Assembleia Nacional, faltando, somente, a sua entrada em vigor. Com este importante instrumento jurídico, julgamos que estão cariadas as condições para o seu pleno funcionamento”, asseverou, Eugénio Laborinho. 

Espera-se, ainda, que no decurso deste projecto, segundo aquela entidade, solicitar os bons ofícios da CEIEC, para que esteja assegurado o financiamento, visando dar início as fases subsequentes, tendo em conta o seu impacto na garantia da ordem e da segurança pública do país.

“O CISP é um ambicioso projecto de segurança pública do nosso país, por essa razão, devemos manter e estreitar as nossas relações e manter uma comunicação permanente entre o MININT e a empresa CEIEC, face ao objecto de trabalho deste Departamento Ministerial, da sua importância e relevância no que concerne a segurança pública. Entre outros objectivos, CISP visa ampliar a capacidade de intervenção, acção, respostas e de esclarecimentos das acções de natureza criminal. 

“O Ministério do Interior tem, ainda, algumas dificuldades, no que a prevenção e combate ao crime diz respeito, e porque devemos, imediatamente, mudar esse quadro, bem como gostaríamos que a CEIEC pudesse deixar a sua marca em Angola, no domínio da segurança pública”, frisou o Ministro do Interior. 

Eugénio Laborinho disse ser imperioso estender a construção do CISP a todo país, a exemplo de Luanda, e que a população espera a sua inauguração, com muita ansiedade.

Acompanham o Ministro do Interior, o 2 Comandante Geral da PN, Delegado do MININT/Luanda, Directores Nacionais do GIC, DIE, GCII, Chefe do PCC e outras entidades.

Por Minint 

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.