TENTATIVA DE ‟GOLPE DE ESTADOˮ NA REPÚBLICA DA GUINÉ

Que está em curso desde as primeiras horas deste 05 de Setembro de 2022 em Conacri, segundo a imprensa local o mesmo é da autoria da tropa de elite do país que invadiu o palácio presidencial e deteve o Presidente Alpha Conde.

“Decidimos depois de levar o presidente, que atualmente está conosco (…) dissolver a Constituição em vigor, dissolver as instituições; decidimos também dissolver o governo e fechar as fronteiras terrestres e aéreas”, disse Mamady Doumbouya líder dos golpistas. A breve intervenção do representante dos golpistas está a ser amplamente difundida nas redes sociais, mas não foi transmitida na televisão estatal.

Mas o governo já veio a terreiro garantir que repeliu o golpe, segundo avançou à agência Lusa.

O país tem sido palco de sucessivas manifestações contra o Presidente Alpha Conde, que conseguiu um terceiro mandato depois de alterar a constituição que limitava a sua recandidatura. Alpha Conde foi então eleito presidente em 7 de novembro do ano transato, uma eleição contestada pela oposição, comandada por Cellou Dalein.

Apesar de ter sido um eterno opositor e condenado à morte, Conde tornou-se o primeiro presidente eleito democraticamente na Guiné em 2010, tendo sido reeleito em 2015.

PRINCIPAIS RAZÕES DO GOLPE

Após tentativa de exonerar o comandante Mamady Doumbouya das forças especiais que depois foi detido em agosto do corrente ano com a cumplicidade do ministro da defesa Mamadi Diané (que declarou à imprensa internacional de ter repelido a tentativa dos golpistas).

Os efectivos sobre o seu comando, o libertaram na noite de sábado para domingo e hoje de manhã entrou em ação quando os seus efectivos surpreenderam Alpha Condé no palácio presidencial que tinha acabado de regressar de férias de Sardenha, em Itália, uma ilha paradisíaca.

De recordar que o Chefe de Estado angolano, João Lourenço, realizou recentemente uma visita de estado ao país fruto do périplo que efectuou na região da África Ocidental, onde permaneceu por dois dias no aeroporto, à chegada, o Presidente Alpha Condé apresentou cumprimentos de boas vindas ao seu homólogo, com quem reuniu em privado.

Qual será o próximo país em África, caso o golpe se efective na Guiné?

Depois do Mali!

Magaliza Zola

Foto créditos Cipra via FB

©2021 MBEMBU BUALA PRESS-VOZ DE CABINDA, PELA VERDADE E JUSTIÇA – CABINDA – ACIMA DE TUDO E DE TODOS

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.