JOVENS DE CABINDA ESCREVEM AO PARLAMENTO ANGOLANO

Angola deve reconhecer direito à auto-determinação, diz a missiva Um grupo de jovens afectos à sociedade civil de Cabinda endereçou ao parlamento angolano uma carta onde recomenda aquela casa das leis e o povo angolano em geral a reconhecer o seu direito à auto determinação à luz do direito internacional. Os signatários apelam ao respeito pelos direitos humanos no território e à criação de um … Continuar lendo JOVENS DE CABINDA ESCREVEM AO PARLAMENTO ANGOLANO