MARCOS NHUNGA E O DESENVOLVIMENTO DE CABINDA

GOVERNADOR QUER UNIÃO PARA O DESENVOLVIMENTO DE CABINDA O governador de Cabinda, Marcos Nhunga, apontou, no pretérito dia 7, quarta-feira, a melhoria da livre circulação de pessoas e bens no troço Cacongo/Buco-Zau/Belize como sendo fundamental para o desenvolvimento sócio-económico da região. Para o efeito, o governante, que efectuou um périplo pelos quatro municípios de Cabinda para constatar a situação vigente, solicitou a união dos habitantes … Continuar lendo MARCOS NHUNGA E O DESENVOLVIMENTO DE CABINDA

Post fixo

SERVIÇO DE MIGRAÇÃO E ESTRANGEIROS, DEMARCA-SE DE CRIME EM CABINDA

Num comunicado tornado público ontem, sexta – feira 9, a Associação para Desenvolvimento da Cultura dos Direitos Humanos, denunciou à acção protagonizada por um agente do Serviço de Migração e Estrangeiros de Angola, SME, no território de Cabinda. Que em perseguição à um cidadão da RDC, acabou por embater violentamente contra um menor que sofreu graves lesões no rosto. O pai do menor, dirigiu-se para … Continuar lendo SERVIÇO DE MIGRAÇÃO E ESTRANGEIROS, DEMARCA-SE DE CRIME EM CABINDA

DVT COM MAIS DE 12 MIL PROCESSOS PARA EMISSÃO DE CARTAS DA SADC, EM CABINDA

Doze mil e 346 processos para emissão de cartas de condução da SADC estão pendentes desde 2015 na Direcção da Viação e Trânsito (DVT) em Cabinda por falta do laboratório para emitir os referidos documentos. Em espera estão 5 mil cartas iniciais, 598 para emissão da SADC, 4 mil e 645 para substituição das cartas de cartolina para as da SADC, 278 cartas duplicadas da … Continuar lendo DVT COM MAIS DE 12 MIL PROCESSOS PARA EMISSÃO DE CARTAS DA SADC, EM CABINDA

Post fixo

Campo Petrolífero do Malongo em Chamas, no território de Cabinda

Incêndio em campo de petróleo de Cabinda não deixa vítimas. Um incêndio de dimensão e prejuízos ainda não calculados deflagrou na manhã desta terça-feira, 6, num dos armazéns de produtos químicos no campo petrolífero da província angolana de Cabinda. Informações obtidas no local pela VOA indicam que o incêndio terá sido causado pela fuga de produtos químicos usados nas operações petrolíferas. Do incêndio não resultaram … Continuar lendo Campo Petrolífero do Malongo em Chamas, no território de Cabinda