FLEC DIZ TER MORTO OITO MILITARES DAS FAA EM CABINDA

As Forças Armadas Cabindesas (FAC) anunciaram hoje em comunicado a morte de 10 soldados, oito angolanos e dois das FAC, durante um ataque a uma unidade das Forças Armadas Angolanas (FAA). Num “comunicado de guerra”, assinado pelo Chefe Operacional da FLEC-FAC (Frente de Libertação do Estado de Cabinda-Forças Armadas Cabindesas), Futi Bonifácio Edinho, os independentistas falam de “intensos combates” entre as FAC e o exército … Continuar lendo FLEC DIZ TER MORTO OITO MILITARES DAS FAA EM CABINDA

GENERAL NÃO PODERÁ IR A CABINDA. O PNEU FUROU…

A (ou uma das) Frente de Libertação do Estado de Cabinda-Forças Armadas de Cabinda (FLEC-FAC) saudou hoje o que disse ser o reconhecimento da “existência de guerra” por parte do ministro de Estado, general Pedro Sebastião, que convidou a visitar “as bases militares”. O movimento independentista reagia às declarações do ministro de Estado e Chefe da Casa de Segurança do Presidente da República, João Lourenço, … Continuar lendo GENERAL NÃO PODERÁ IR A CABINDA. O PNEU FUROU…

DE CABINDA A TIMOR-LESTE

O especialista em defesa e segurança, Luís Brás Bernardino, considera que o conflito de Cabinda é “um problema essencialmente africano” e que Portugal não se deve envolver, pois seria difícil manter a neutralidade. É caso para perguntar: Desde quando é que a neutralidade foi essencial, importante ou sequer algo a considerar por Portugal? O território de Cabinda, anexado por Angola e transformado em sua província … Continuar lendo DE CABINDA A TIMOR-LESTE

ORLANDO CASTRO RESPONDE A GEORGES CHIKOTI SOBRE AS TENSÕES EM CABINDA

CABINDA BOM É CABINDA MORTO O antigo chefe da diplomacia do MPLA, Georges Chikoti, afirma-se seguro de que o Governo de Angola sabe como lidar com as tensões em Cabinda, rejeitando que estas possam prejudicar a imagem do país como promotor de paz na região. É verdade. Sabe mesmo. E para isso usará a estratégia que tem praticado, com sucesso, nos últimos 45 anos: A … Continuar lendo ORLANDO CASTRO RESPONDE A GEORGES CHIKOTI SOBRE AS TENSÕES EM CABINDA

ONU RECONHECE O CONFLITO EM CABINDA

Depois de mais de quatro décadas de luta, é reconhecida formalmente a existência da FLEC como grupo armado ou rebelde em Cabinda. Entretanto, Angola intensifica a pressão sobre a resistência armada. O reconhecimento do conflito está a animar debates sobre a dinâmica coerente para uma resolução pacífica do diferendo entre Cabinda e Luanda. Por José Marcos Mavungo (*) O reconhecimento foi tornado público, no dia … Continuar lendo ONU RECONHECE O CONFLITO EM CABINDA

EM CABINDA FALAM AS ARMAS

A Frente de Libertação do Estado de Cabinda (FLEC) reivindicou a morte de três militares das Forças Armadas Angolanas (FAA), em confrontos naquele enclave, que provocaram ainda a morte de um dos seus militares e de dois civis. Em “comunicado de guerra”, tornado público hoje, a FLEC descreve que os confrontos aconteceram na manhã desta quinta-feira, 4 de Junho, na aldeia de Tando-Limbo, no eixo … Continuar lendo EM CABINDA FALAM AS ARMAS