Eugénio Laborinho, tenta impedir marcha da igreja Kimbanguita em Cabinda

O governador de Cabinda, Eugénio César Laborinho, na tentativa de cumprir uma das suas promessas, anunciada no acto do seu empossamento de que “ Ninguém fará barrulho nas ruas de Cabinda, enquanto eu for o governador”. Tentou impedir, sábado findo, a realização da Marcha da igreja Kimbanguista.

Tudo aconteceu no dia 25 de Maio, (dia de África), quando a igreja de Jesus Cristo sobre a Terra por seu enviado especial Simon Kimbangu – Kimbanguista, se preparava para comemorar a data de nascimento de um dos seu líderes  espirituais.

E que normalmente, nestas festividades tem havido uma “Marcha”, e atendendo o clima político que se vive nas terras do Moimbe, a direcção da igreja Kimbanguista, endereçou atempadamente, uma carta ao governador de Cabinda, e os mesmos foram surpreendidos com uma resposta negativa por parte das autoridades locais, “Não autorizada”.

Indignada, a direcção da igreja, teve de mover céus e montanhas “ influências”  quer à nível local e internacional para que a Marcha tivesse lugar.

E que só foi autorizada, em última da hora e por via telefónica, pois estes estavam decididos e preparados para avançar mesmo sem à dita autorização, contra à injustiça do senhor Laborinho.

Que mandou alterar o trajeto da Marcha.

De recordar que a igreja de Jesus Cristo sobre a Terra por seu enviado especial Simon Kimbangu – Kimbanguista é reconhecida pelas autoridades angolanas e é membro do Conselho das igrejas Cristãs – CICA.

A opressão e repressão no território de Cabinda, continuam de pedra e cal há mais de 40 anos, imposta à ferro e fogo, pelo governo angolano, liderado pelo MPLA.

Texto de Baveka Mayala

© 2015-2019 VOC-voice of Cabinda Mbembu Buala  

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.