Será a Rússia à solução para a grande crise Maliana?

Por VOC – Mbembu Buala

O ministro russo das Relações Exteriores, Sergei Lavrov, no domingo “09 de Junho” recebeu seu homólogo maliano, tiébilé dramé.

Um encontro que, segundo a imprensa era pelo menos acolhedor, simpático e “frutífera” e inserida no âmbito do reforço da cooperação da Rússia no desenvolvimento do país e do continente. A mão que poderia ajudar o Mali, a ultrapassar a crise de segurança que o país enfrenta.

Dos grandes apoios significativos para Mali.

Segundo o Sr. Tiébilé Dramé, o Ministro das Relações Exteriores do Mali, a proposta de cooperação da Rússia, não poderia cair mais sobre; “Particularmente, saúdo o apoio da Rússia ao Mali, a integridade do Mali, a unidade nacional do Mali, … A Rússia é um grande país, não só em tamanho, mas também em o lugar que ocupa no mundo “.

Segundo a imprensa africana, o Mali vive momentos muito conturbado; ataques terroristas violentos que teriam transformado parte de seu território em uma zona de guerra. E o apoio logístico e técnico que a cooperação sustentada entre os dois países traria a Bamako. Ou seja seria uma ajuda definitiva na sua luta contra o Boko Haram e a ISWA.

De acordo com Sergei Lavrov, a movimentação de Moscovo em relação ao novo parceiro africano não deve ser responsabilizada por outra propaganda diplomática; porque ele teria dito no final da reunião de trabalho; “Queremos aprofundar o diálogo político e ampliar nossas relações económicas, no setor de mineração, no setor de energia, infraestrutura e agricultura. E estamos prontos para aumentar nossa cooperação militar e técnico-militar “.

Texto de Rodrigue Gozoa

Fonte: Maliactu

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.