DENÚNCIA PÚBLICA DA ADCDH

A Associação para Desenvolvimento da Cultura dos Direitos Humanos – ADCDH, denunciou recentemente um assalto de que foi vítima o cidadão de Cabinda, Gencito Buiti, de 20 anos de idade em Cabinda.

Gencito Buiti

O incidente ocorreu no dia 13 de Julho do corrente ano, pelas 13 horas no bairro Mpunzi – Nzau, zona do Tchimpindi (Aeroporto), na cidade de Cabinda e foi perpetuada por 4 supostos marginais que trajavam indumentarias militares das Forças Armadas Angolanas – FAA e que fizeram o recurso à armas brancas (baionetas e catanas) e outros objectos para levar à cabo a acção.

Segundo à denuncia da ADCDH, a vítima para além de ter sido espancado com violência (causando lesões nas costelas)  pelos supostos marginais, os mesmos ainda subtraíram da mesma um valor de 25 mil kwanzas que foi possível reaver 15.000.00 kz, após às diligências da policia local que deteve os prevaricadores.

Apesar das autoridades policiais terem entrado em jogo, com a detenção dos 4 supostos marginais, infelizmente as autoridades policiais não deram sequência e o devido tratamento à ocorrência, tendo em conta que agora essas mesmas autoridades se contradizem nas suas declarações e acções.

 Pois, preocupado com a situação e o motivado pelo direito à justiça, a vítima Gencito Buiti, acompanhado de seu tio Alexandre Fernandes L. Kasu (Activista Político), deslocou-se para a direcção dos Serviços de Investigação Criminal – SIC, em Cabinda, onde foram informados que não foi registada nenhuma ocorrência sobre o processo e nem se quer o SIC, sabia sobre o paradeiro dos 4 supostos meliantes.  

Neste sentido, insatisfeitos com as revelações do SIC sobre o processo, os mesmos se viram obrigados à regressar ao comando municipal da policia “vulgo Papa Ngoma”, instituição que deveria ter transferido os 4 supostos marginais para SIC, postos no local, o agente da policia em serviço, ameaçou e ofendeu à vítima, principalmente por este ter pedido ajuda ao Activista Alexandre Fernandes que por sinal é seu tio.

Segundo ainda à ADCDH, na sua denúncia revela que “A POLÍCIA, SIMULOU LEVAR OS MARGINAIS AO SIC QUE SEM DÚVIDAS FORAM SOLTOS AO LONGO DO CAMINHO”.

Contudo, a ADCDH, levanta uma questão que merece à análise de todos!

SERÁ POSSÍVEL COMBATER A CORRUPÇÃO, A IMPUNIDADE E A OPRESSÃO QUE DECORREM EM CABINDA? COM PRÁTICAS DESTA NATUREZA!

Texto de Baveka Mayala

© 2019 VOICE OF CABINDA – MBEMBU BUALA, PELA VERDADE E JUSTIÇA – CABINDA ACIMA DE TUDO E DE TODOS

Um comentário sobre “DENÚNCIA PÚBLICA DA ADCDH

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.