TROPAS ANGOLANAS ATACARAM CENTRO DE REFUGIADOS DE CABINDA DE NDUNDU MATENDE NA RDC

Um comando das Forças Armadas Angolana (FAA) efectuou uma violenta incursão militar no centro de refugiados de Nlundu Matende no território de Lukula na República Democrática do Congo (RDC), localizado a cerca de 40 quilómetros de Cabinda.

Segundo testemunhos locais, a intervenção militar angolana começou na noite de quinta-feira, 15 de Agosto, provocando a fuga dos refugiados presentes.

Três elementos da segurança congolesa permanente no centro, também optaram por abandonar o local face às tropas angolanas.

Durante a operação, o refugiado Francisco Malonda Gomes, conhecido como ”Masuwa” foi gravemente ferido no pescoço pelas tropas angolanas, confirmaram testemunhas. Transportado para o hospital de Kangu, Francisco Malonda Gomes “Masuwa” não resistiu aos ferimentos acabando por falecer no domingo.

Francisco Malonda Gomes “Masuwa” foi um dos combatentes da FLEC que participou na designada “Guerra Clássica” em 1975. Durante os combates foi gravemente ferido numa perna, tendo ficado com a mobilidade reduzida. Por esse motivo Francisco Malonda Gomes “Masuwa” não conseguiu fugir atempadamente durante a ofensiva das tropas angolanas a Nlundu Matende.

Refugiado no centro de Nlundu Matende, Francisco Malonda Gomes “Masuwa”, natural da aldeia de Macama Nzila na comuna de Tando Zinze em Cabinda, era Pastor da igreja do Cristianismo Profético em África (CPA), da corrente Lassista.

O ataque das tropas angolanas ao centro de refugiados de Nlundu Matende já foi comunicado ao Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR), responsável pelo centro.

Até este momento o ACNUR ainda não reagin.

Fonte: e-Global

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.