EX-ADMINISTRADOR DO BELIZE RESPONDE EM TRIBUNAL

O Tribunal da Comarca de Cabinda deu início segunda-feira, ao julgamento do ex-administrador municipal de Belize, André Manuel Ndimba Tati, acusado de desvios de fundos públicos, avaliados em 14 milhões 899 mil e 260 kwanzas.

Neste processo são também arrolados, Afonso Mbuandi, ex-chefe de secção de Finanças da administração de Belize, e o empreiteiro António Manuel dos Santos Máquina, acusados de crimes de peculato, branqueamento de capitais e de associação criminosa.

Após discussão das questões prévias e da leitura da contestação dos mandatários, o juiz João Cardoso Mandafama marcou a sessão de início do interrogatório dos réus para o dia dois de Setembro próximo.

Este é o segundo caso mediático que envolve funcionários públicos implicados em crimes de peculato, branqueamento de capitais e associação criminosa, em Cabinda.

O primeiro caso esteve ligado a oito funcionários públicos da Empresa de Águas de Cabinda (EPAC), acusados de desvio de mais de 21 milhões de Kwanzas. Por falta de provas, foram todos absolvidos pelo tribunal.

Fonte: Angop

© 2019 A VOZ DE CABINDA – MBEMBU BUALA, PELA VERDADE E JUSTIÇA – CABINDA ACIMA DE TUDO E DE TODOS

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.