GENERAL “faz de contas” EGÍDIO DE SOUSA SANTOS, PODE SER AFASTADO DO CARGO DE CHEFE DO EMG DAS FAA

O Presidente da República, João Manuel Gonçalves Lourenço deverá ainda este mês mexer nas chefias militares interrompendo assim o mandato de quatro anos das chefias do Estado-Maior General das FAA, que foram nomeados em Abril de 2018.


Para candidatos são igualmente apontados nomes como Francisco Lopes Gonçalves Hanga (ex-comandante da Força Aérea) e almirante Augusto da Silva Cunha “Gugu” (ex- comandante da Marinha de Guerra). De acordo com pesquisas, a preferencia para CEMGFAA, no seio dos soldados, sobressai para o general Geraldo Abreu Muengo Ukwachitembo “Kamorteiro”, que desempenha as funções de vice-chefe de Estado-Maior General para Logística e Infra-estruturas das Forças Armadas


Está igualmente prevista a saída do ministro da Defesa Nacional, Salviano de Jesus Sequeira “Kianda”, num cenário em que é perfilado como potencial sucessor, o general José Luís Caetano Higino de Sousa “Zé Grande”, actual director- geral do Serviço de Inteligência Externa (SIE).


O Juiz presidente do Tribunal Supremo Militar, general António dos Santos Neto “Patónio”, que está em vias de  jubilar, é, por outro lado apontado como “interessado” na pasta da Defesa Nacional. Tal como Zé Grande, o general “Patónio”, é também identificado como sendo da estima do Presidente da República. Foi “Patónio”, que no passado apresentou Ana Dias Lourenço a João Lourenço. 

Fonte: Club-k

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.