NÃO EXISTE PAZ EFECTIVA EM CABINDA PORQUE “ONDE NÃO HÁ JUSTIÇA NÃO HÁ PAZ , RAÚL TATI

“Aconselho os cabindas a não vacilar, não desistam”, Raúl Tati

O deputado pela bancada parlamentar da UNITA, Raúl Tati, foi o convidado do Angola Fala Só desta sexta-feira, 31 de julho.

Em discussão o tema: “Há paz ou não em Cabinda”.

Para Raúl Tati a paz efectiva em Cabinda não existe porque “onde não há justiça não há paz”.

O link da entrevista está aqui: https://youtu.be/ZSWOHmG35nQ

Tati disse que há assuntos tabu na Assembleia e que “os dogmas da Angola indivisível são intocáveis” e que a UNITA levanta sempre o tema de Cabinda.

Respondendo a uma questão de um internauta sobre o plano da UNITA para o enclave, o deputado disse que o partido “sempre evitou a guerra em Cabinda” e que Jonas Savimbi defendia uma “espécie de autonomia, independência nunca”, enquanto José Eduardo dos Santos propôs um diálogo “que nunca aconteceu”.

Raúl Tati disse ainda que o caminho para a resolução do problema de Cabinda passa pelo diálogo: “Estamos condenados a dialogar”.

No que respeita à velha questão “Se Cabinda não tivesse madeira ou petróleo pediria a independência?”, Tati propôs o exercício contrário: “Se Cabinda não tivesse madeira ou petróleo Angola quereria Cabinda?” – o político disse no entanto que o petróleo joga um papel fulcral no diferendo de Cabinda.

Sobre o surgimento de movimentos como o Movimento Independentista de Cabinda (MIC) ou Movimento de Libertação de Cabinda (MLC), o deputado diz que “estamos a ensaiar a democracia e o pluralismo” e não vê nenhum problema nisso, pelo contrário.

VOA

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.