ZECAMUTCHIMA ACUSA MPLA DE O TENTAR ASSASSINAR

DENÚNCIA: TENTATIVA DE ASSASSINAR O PRESIDENTE DO PROTECTORADO PORTUGUÊS DA LUNDA TCHOKWE ZECAMUTCHIMA PELO GOVERNO DO MPLA DE ANGOLA

Fonte ligada ao grupo Táctico Especializado dos Serviços Secretos do SINSE/SINFO MPLA da Segurança da Presidência da Republica de Angola, de acompanhamento milimétrico dos passos do Presidente do Protectorado Português da Lunda Tchokwe, denunciaram o plano de o abater fisicamente durante a quadra festiva, natalício e de ano novo, o grupo dos referidos assassinos estão alguns dias a vigiar a movimentação do Presidente Zecamutchima, junto a sua residência.

Ainda não consumaram o acto de assassinar ZECAMUTCHIMA segundo os desejos do Presidente João Manuel Gonçalves Lourenço e do MPLA de Angola, devido as circunstancias divinas de o encontrar inadvertido na rua ou em aglomerações traiçoeiras, que não deixam pistas, fazendo-se passar por um ataque de “Bandidos” soltos a procura de sobrevivência na rua, tentando roubar qualquer cidadão, e neste caso, aconteceria alguma resistência e agirem com assassinato.

Paralelamente a denuncia da Casa Militar e da Segurança da Presidência da Republica do Governo do MPLA de Angola, do Presidente João Manuel Gonçalves Lourenço, dois elemento desconhecidos no Bairro, que se encontravam junto de uma “ROLOTE”, a consumir cervejas, abordaram, esta tarde 27 de Dezembro de 2020, o Presidente do Protectorado Português da Lunda Tchokwe, “os mesmo queriam saber se o Sr. é da Lunda, depois queriam oferecer alguma bebida ao ZECAMUTCHIMA, convidando-o, para lhes acompanhar na ROLOTE” enquanto temos a denuncia connosco já alguns dia o que é bastante estranho e coincidente.

As 22 horas do dia 27 de Dezembro de 2020, o Presidente do Protectorado Português da Lunda Tchokwe, ZECAMUTCHIMA, recebe uma chamada anónima, com o numero oculto no ecrã do telemóvel com ameaças de morte, “Seu cão rafeiro, você vamos te matar, Savimbi era importante o matamos e quem é você que estas toda a hora a atormentar o Governo para dividir o país, tens dias contados e avisa a sua família para te preparar o caixão”, entre outras ameaças.

De acordo com fonte e a descrição da denuncia da Casa Militar de Segurança do Presidente da Republica de Angola, temos já identificados os elementos que fazem vigilância aos movimentos do Presidente do Protectorado Português da Lunda Tchokwe José Mateus Zecamutchima em redor de sua residência que se fazem passar de clientes ou de familiares de ROLOTES de vizinhos, indivíduos altamente perigosos de “Esquadrões” da morte criados pelo Governo do MPLA nas suas hostes militaristas do seu Marxismo Leninismo vigente.

A mesma fonte que temos vindo a citar, denúncia, que os Secretários Regionais e nacionais do Movimento do Protectorado Português Luanda Tchokwe, podem ser abatidos, assassinados a qualquer momento, o plano é abrangente.

Assassinar ZECAMUTCHIMA, não é a solução, porque no dia seguinte nascerão milhões de Zecamutchimas Lunda Tchokwe violentos em busca da Independência, este processo não tem volta, o Governo do MPLA de Angola do Presidente João Manuel Gonçalves Lourenço, não tem alternativa, senão, é dialogar e conceder Autonomia/Independência da Lunda Tchokwe.

Eis o desafio para o Governo do MPLA de Angola, Portugal e para a Comunidade Internacional e dos parceiros económicos como a Rússia, Brasil, China, Médio Oriente e mesmo os Governos dos Estados Unidos de América, França, Bélgica, Alemanha e do Reino Unido, incluindo o VATICANO, a ONU, a União Europeia, a União Africana, a SADC e a CPLP.

As Organizações de defesa dos direitos humanos devem denunciar esta macabra acção do regime do governo do MPLA de Angola do Presidente João Manuel Gonçalves Lourenço, de tentar silenciar as vozes sonantes dos seus opositores ou aqueles que por direito legitimo defendem os seus direitos.

SECRETARIO EXECUTIVO DO COMITÉ POLÍTICO DO PROTECTORADO PORTUGUÊS DA LUNDA TCHOKWE EM LUANDA, AOS 27 DE DEZEMBRO DE 2020.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.