RDC E ANGOLA EM ROTA DE COLISÃO DIRECTA DEVIDO A EXPLORAÇÃO DO OURO NEGRO

SÃO INÚMEROS OS “DIFERENDOS” QUE PODERIAM LEVAR ANGOLA E A RDC EM ROTA DE COLISÃO DIRECTA (guerra intra-estados) confrontação essa que não pode ser descartada no futuro, devido à questão de partilha dos recursos naturais e sobretudo devido à luta pela liderança geo-estratégica da Região Central e de África, pois chegará o dia em que a “RDC” chamará para si o poder decisório das responsabilidades estratégicas da Região, relegando para segundo plano países como o África do Sul, Nigéria, Egipto, Quénia, Ruanda, Uganda e Angola, (este último que só tem destaque nessa região devido ao Território de Cabinda que ocupa ilegal e militarmente), transformando-se no Grande Estado Directorio da Região Central Africana e do Continente berço no seu todo, estatuto que lhe é divido e merecido, mas que um dia alcançará.
Continuar lendo RDC E ANGOLA EM ROTA DE COLISÃO DIRECTA DEVIDO A EXPLORAÇÃO DO OURO NEGRO

EX-MILITARES DESAFIAM ESTADO DE EMERGÊNCIA E MANIFESTAM-SE EM LUANDA

Cerca de 200 ex-militares que foram desmobilizados manifestaram-se hoje em Luanda, desafiando as regras do estado de emergência que vigora em Angola desde 27 de março devido à pandemia de covid-19, confirmou a Lusa junto de fontes policiais. Os manifestantes que hoje percorreram algumas ruas da Maianga, no centro de Luanda, capital do país, fazem parte de um grupo de ex-militares das Forças Armadas Angolanas … Continuar lendo EX-MILITARES DESAFIAM ESTADO DE EMERGÊNCIA E MANIFESTAM-SE EM LUANDA

DR. RAÚL TATI* “ EXECUTIVO LIDA (MUITO) MAL COM O EXCLAVE CABINDA”

Portanto, uma vez que o actual modelo de integração de Cabinda no espaço angolano é ineficiente e ineficaz, urge repensar o lugar de Cabinda dentro de Angola sem necessidade de forçar a natureza. As coisas hão-de ficar sempre como foram feitas: a separação geográfica é algo que não se vai mudar, mesmo com pontes. Mas o grande ´´quid´´ é como fazer que, estando onde está, Cabinda seja plenamente Angola sem desculpas de descontinuidade territorial?
Continuar lendo DR. RAÚL TATI* “ EXECUTIVO LIDA (MUITO) MAL COM O EXCLAVE CABINDA”

ORDENS SUPERIORES SILENCIAM LOURENÇO LUMINGO NA ASSEMBLEIA NACIONAL DE ANGOLA

Um incidente triste mais próprio nos regimes ditatoriais onde para ludibriar a comunidade nacional e internacional vai se fazendo de contas que se vive num estado democrático e de direito.

Por Mbembu Buala Press

DEPOIS DE FAZER A SUA INSCRIÇÃO PARA INTERVIR, FOI SURPREENDIDO QUANDO O SEU NOME FOI EXCLUÍDO SEM NENHUMA EXPLICAÇÃO.

Contudo, o deputado silenciado a mando das supostas ordens superiores partilhou com Cabinda e o mundo a referida intervenção para conhecimento e apreciação:
Continuar lendo ORDENS SUPERIORES SILENCIAM LOURENÇO LUMINGO NA ASSEMBLEIA NACIONAL DE ANGOLA

O PARADOXO DO CABINDÊS E MÁ FÉ DO ANGOLANO

Está sendo assustador o crescimento de algumas correntes cabindesas que defendem autonomia para Cabinda. Não se entende o porquê. Isto subduz duma certa forma os verdadeiros anseios do povo de Cabinda. Texto de LeoTon Mabiala* É vulcânico ouvir de certos cidadãos cabindêses, muitos deles conhecedores das causas e circunstâncias que levaram com que o Bento Bembe e o seu grupo sedimentar, assinarem o “memorando de … Continuar lendo O PARADOXO DO CABINDÊS E MÁ FÉ DO ANGOLANO

ESTAMOS A BATER NO FUNDO

O Fundo Monetário Internacional (FMI) reviu hoje a previsão de evolução da economia de Angola, antecipando agora uma recessão económica de 1,4% e um aumento da dívida pública para 132,2%, este ano. Covid-19 e petróleo estão a dar, ainda mais, cabo da vida dos angolanos. De acordo com as Perspectivas Económicas Regionais da África subsaariana, a economia de Angola deverá continuar a registar um crescimento … Continuar lendo ESTAMOS A BATER NO FUNDO