CABINDA QUER PAZ E AUTODETERMINAÇÃO “EMMANUEL NZITA” LÍDER DA FLEC-FAC

O cessar-fogo acabou; Cabinda volta a contar mortos e refugiados; sobe a tensão política… Em entrevista exclusiva ao PLATAFORMA, o líder da FLEC-FAC declara-se “pronto a negociar a paz”; ataca os governos angolano e português, mas também Guterres e as Nações Unidas; pede ajuda para os refugiados. Até partilha o petróleo; mas há um preço: Cabinda quer paz e autodeterminação, explica Emmanuel Nzita, abrindo a … Continuar lendo CABINDA QUER PAZ E AUTODETERMINAÇÃO “EMMANUEL NZITA” LÍDER DA FLEC-FAC

ÍNTEGRA DA ENTREVISTA DE EMMANUEL NZITA AO PLATAFORMA

“Podem ter o petróleo, mas escravatura em Cabinda não”; diz líder da FLEC Emmanuel Nzita entende o valor do petróleo de Cabinda, não só para Angola como para muitas outras potências envolvidas na sua exploração. “Todos podem beneficiar” dessa riqueza, no contexto da economia global, mas não a troco da “escravatura” nem do direito à “autodeterminação”. Em Entrevista ao PLATAFORMA, o líder da Frente de … Continuar lendo ÍNTEGRA DA ENTREVISTA DE EMMANUEL NZITA AO PLATAFORMA

“AS FORÇAS ARMADAS ANGOLANAS ESTÃO EM DEBANDADA NAS MATAS DO MAIOMBE”, EMMANUEL NZITA

A afirmação é de Emmanuel Nzita, Presidente da FLEC FAC, feita no programa “Morning Call” do canal africa news no pretérito 15.06, ontem. Onde foi convidado para analisar os últimos acontecimentos político-militar que se registam no Território de Cabinda, com o escalar da tensão entre as Forças Armadas Cabindesas e as Forças Armadas Angolanas em plena pandemia do coronavírus (Covid-19). Por Baveka Mayala(*) Fonte: http://www.avozdecabindambembubuala.comContinuar lendo “AS FORÇAS ARMADAS ANGOLANAS ESTÃO EM DEBANDADA NAS MATAS DO MAIOMBE”, EMMANUEL NZITA