A FACÇÃO DE EMANUEL NZITA E COMPANHIA NÃO PASSAM DE FLECS DAS REDES SOCIAIS

Segundo considera José Manuel Vaz, membro da Frente de Libertação do Enclave de Cabinda, Forças Armadas Cabindesas – FLEC FAC presidida por Alexandre Tati Builo.

‟Falando de facções e forças armadas no terreno, a única coisa que vocês devem fazer é questionar a todos esses elementos que reivindicam e que dizem que são presidentes, falou de Rodrigues Mingas, Nzita Emanuel, Afonso Massanga e António Lopes. Que mostrem o trabalho que eles fazem e que não passam somente a reivindicar somente nas redes sociais enganando o povo, enganando o mundo que eles existem. É aquilo que nós chamamos de organizações das redes sociaisˮ.

Texto de Francisco Lubota

© 2022 VOZ DE CABINDA – MBEMBU BUALA, PELA VERDADE E JUSTIÇA – CABINDA ACIMA DE TUDO E DE TODOS

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.