FORÇAS ARMADAS ANGOLANAS, RAPTAM E EXECUTAM CIDADÃO DE CABINDA NO CONGO BRAZZAVILLE

Após a morte de cinco militares das Forças Armadas Angolanas (FAA), numa operação da Frente de Libertação do Estado de Cabinda (FLEC- FAC) a 30 de Junho, entre as localidades de Manenga e Tchikaka, em Cabinda, as tropas angolanas têm procedido a várias acções de “retaliação” contra presumíveis membros da guerrilha na República do Congo e em Cabinda.

No âmbito destas operações as FAA são acusadas de terem “raptado” a 10 de Julho o cabindês Rafael Gomes, 52 anos, conhecido com “Raf”, residente na aldeia congolesa de Tele, na Linha 6 área de Tchimizo. O corpo sem vida de Rafael Gomes foi encontrado no dia seguinte, 11 de Julho, junto à aldeia de Tele, confirmaram fontes no local.

Supostamente, para os militares angolanos, Rafael Gomes seria um combatente da FLEC FAC. Uma informação desmentida pelo movimento independentista que confirmou apenas que o irmão de Rafael Gomes, Bernardo Gime conhecido como “Sley”, foi combatente na resistência e morreu em 1996 durante confrontos com as tropas angolanas nas imediações de Cumbo-Liambo no Dinge.

Fonte: e-Global, via VOC

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.