DVT COM MAIS DE 12 MIL PROCESSOS PARA EMISSÃO DE CARTAS DA SADC, EM CABINDA

Lourenço Mandinge

Doze mil e 346 processos para emissão de cartas de condução da SADC estão pendentes desde 2015 na Direcção da Viação e Trânsito (DVT) em Cabinda por falta do laboratório para emitir os referidos documentos.

Em espera estão 5 mil cartas iniciais, 598 para emissão da SADC, 4 mil e 645 para substituição das cartas de cartolina para as da SADC, 278 cartas duplicadas da versão SADC e mil e 580 de cartolina.

A DVT em Cabinda deixou de emitir cartas de condução do modelo 26/27 (carta de cartolina) desde 2015, aguardando pela emissão do documento electrónico da SADC. pelo que por falta de um laboratório os automobilistas conduzem, na sua maioria, com verbetes.

Em declarações, no dia 31 de Julho do corrente, à Angop, o chefe de departamento de transgressões e acidentes da DVT em Cabinda, intendente Lourenço Luemba Mandinge, afirmou que foi já feito o levantamento necessário para a instalação de um laboratório de emissão de cartas da SADC, tendo sido já montadas as antenas e outros dispositivos.

O intendente Lourenço Mandinge referiu que a falta, até agora, de um laboratório e de outros equipamentos está a complicar os automobilistas, que têm de dirigir-se regularmente a DVT para carimbar os seus verbetes.

Foto: Pedro João

Fonte: Angop

© 2019 A VOZ DE CABINDA – MBEMBU BUALA, PELA VERDADE E JUSTIÇA – CABINDA ACIMA DE TUDO E DE TODOS

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.