CONSELHO DE SEGURANÇA DA ONU “DEVE INTERVIR COM URGÊNCIA” NO CONFLITO EM CABINDA

A Frente de Libertação do Estado de Cabinda/Forças Armadas Cabindesas “FLEC-FAC” denunciou hoje em Comunicado de Guerra a morte de seis civis indefesos pelas Forças Armadas Angolanas-FAA, na sexta -feira e no sábado, 19 e 20 de Junho na aldeia de Mbata-Mbengi, nas proximidades da República Democrática do Congo(RDC), em “combates com o exército angolano” que provocaram ainda a morte de quatro soldados das FAA … Continuar lendo CONSELHO DE SEGURANÇA DA ONU “DEVE INTERVIR COM URGÊNCIA” NO CONFLITO EM CABINDA

REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DO CONGO (RDC), RECONHECE “INDEPENDENTISTAS DE CABINDA DA FLEC” FAC

Reconhecimento feito por Gilbert Kankonde, Vice-primeiro Ministro do Interior, Segurança e Assuntos Costumeiros no decorrer da 36º reunião do Conselho de Ministros do Executivo Nacional da RDC, realizada na sexta-feira última, 19 de Junho de 2020 por vídeo conferência, sob à presidência de Félix-Antoine Tshisekedi Tshilombo, presidente da República Democrática do Congo, quando abordava a questão da incursão das Forças Armadas Angolanas-FAA no território da … Continuar lendo REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DO CONGO (RDC), RECONHECE “INDEPENDENTISTAS DE CABINDA DA FLEC” FAC

ONU RECONHECE O CONFLITO EM CABINDA

Depois de mais de quatro décadas de luta, é reconhecida formalmente a existência da FLEC como grupo armado ou rebelde em Cabinda. Entretanto, Angola intensifica a pressão sobre a resistência armada. O reconhecimento do conflito está a animar debates sobre a dinâmica coerente para uma resolução pacífica do diferendo entre Cabinda e Luanda. Por José Marcos Mavungo (*) O reconhecimento foi tornado público, no dia … Continuar lendo ONU RECONHECE O CONFLITO EM CABINDA

FLEC FAC APELA INTERVENÇÃO URGENTE DA COMUNIDADE INTERNACIONAL EM CABINDA

A Frente de Libertação do Estado de Cabinda/Forças Armadas Cabindesas “FLEC-FAC” denunciou hoje a morte de três civis indefesos pelas Forças Armadas Angolanas-FAA, na terça feira, 16 de Junho na aldeia de Macama-Zila, nas proximidades de Tando Zinze. Em “Nota”, endereçada a nossa redacção, a FLEC-FAC alertou também sobre a barbaridade das Forças Armadas Angolanas contra as populações Cabindesas que residem na zona fronteiriça com … Continuar lendo FLEC FAC APELA INTERVENÇÃO URGENTE DA COMUNIDADE INTERNACIONAL EM CABINDA

EM CABINDA FALAM AS ARMAS

A Frente de Libertação do Estado de Cabinda (FLEC) reivindicou a morte de três militares das Forças Armadas Angolanas (FAA), em confrontos naquele enclave, que provocaram ainda a morte de um dos seus militares e de dois civis. Em “comunicado de guerra”, tornado público hoje, a FLEC descreve que os confrontos aconteceram na manhã desta quinta-feira, 4 de Junho, na aldeia de Tando-Limbo, no eixo … Continuar lendo EM CABINDA FALAM AS ARMAS

“AS FORÇAS ARMADAS ANGOLANAS ESTÃO EM DEBANDADA NAS MATAS DO MAIOMBE”, EMMANUEL NZITA

A afirmação é de Emmanuel Nzita, Presidente da FLEC FAC, feita no programa “Morning Call” do canal africa news no pretérito 15.06, ontem. Onde foi convidado para analisar os últimos acontecimentos político-militar que se registam no Território de Cabinda, com o escalar da tensão entre as Forças Armadas Cabindesas e as Forças Armadas Angolanas em plena pandemia do coronavírus (Covid-19). Por Baveka Mayala(*) Fonte: http://www.avozdecabindambembubuala.comContinuar lendo “AS FORÇAS ARMADAS ANGOLANAS ESTÃO EM DEBANDADA NAS MATAS DO MAIOMBE”, EMMANUEL NZITA