ANGOLA DESTACA EXÉRCITO AO LONGO DA FRONTEIRA COM O CONGO BRAZZAVILLE

Os soldados das forças especiais do exército angolano estão alegadamente destacados ao longo da fronteira com o Congo, na região de Niari. Vários habitantes das localidades em redor de Kimongo, dizem ter visto estes soldados angolanos, que de vez em quando atravessam a fronteira para obter alguns produtos agrícolas e florestais dos aldeões. Há algumas semanas atrás, os militares angolanos assassinaram um chefe de aldeia e o seu assistente em Kouilou.

De acordo com várias fontes, forças angolanas foram destacadas ao longo da fronteira com o Congo em Kimongo, na região de Niari. Para os habitantes desta parte do Congo, já não é um fenómeno novo ver este tipo de manobras. O exército angolano está acostumado a violar impunemente as fronteiras congolesas, tranquilizado com a sua supremacia e poder.

As autoridades congolesas nunca protestaram contra estas violações, mesmo quando soldados congoleses foram feitos prisioneiros. Um oficial que não aceitou esta afronta tinha sido sancionado pelo alto comando militar, que claramente sempre evitou afrontar os angolanos.

Angola habituou-se a usar o seu poder militar para pressionar as autoridades em Brazzaville quando pretende obter dividendos dos acordos assinados em 1997, que permitiram o regresso ao poder de Denis Sassou Nguesso.

Mas alguns actores políticos acreditam que este décimo terceiro destacamento militar “musculado” é uma mensagem clara à Brazzaville, tendo em conta a situação do General Jean Marie Michel Mokoko. Em prisão domiciliar em Brazzaville desde Abril de 2016, este infeliz candidato às eleições presidenciais do mesmo ano, testou positivo ao coronavírus e a sua vida estaria em perigo. Vozes estão a ser levantadas para exigir a sua evacuação médica para um país digno para receber os cuidados apropriados.

Pois no Congo falta tudo.


6 de Julho de 2020

Por: Stany Frank

SACER-INFOS


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.