BENTO BEMBE MANDA RECADOS A JOSÉ BISSAFI

Uma confusão na sede em Cabinda vai ser o fim do Bissafi. Todo futuro dele vai na águaˮ.

Apesar de não ter sido o único recado de António Bento Bembe a Bissafi a partir do exterior (Windhoek – Namíbia) onde cumpre tratamento médico. O general do MPLA instruiu por outro lado os seus homens a bloquearem a sede do FCD em Cabinda. ‟Fecham a sede até nova ordem. Eu venho em Cabindaˮ.

‟Qualquer autoridade que quiser intervir dizê-la para ligar para mim. Dizer que são minhas orientaçõesˮ. Parece que o Bissafi valendo-se também da sua patentezinha de brigadeiro ignorou as ameaças e partiu por cima dos homens de Bembe que foram escorraçados da sede aos pontapés as imagens do vídeo que pode acompanhar na nossa página do facebook https://fb.watch/8IaGlikgv0/ são chocantes, pois a acção configura uma clara violação de direitos humanos onde até activistas não foram poupados como o caso de Alexandre Fernandes Liongo Ncasso ‟Tio Fernandesˮ.

António Bento Bembe, mesmo tendo supostamente informado, João Lourenço, Presidente de Angola, através do ‟Ministro do Estado e Chefe da Casa de Segurança do Presidente da República e o Ministro do Estado e Chefe da Casa Civil do Presidente da Repúblicaˮ. A sede do FCD em Cabinda foi invadida pelo grupo comandado por José Tembo Bissafi (primeiro secretário da embaixada de Angola na República do Congo e Brigadeiro das FAA) e já não se manterá fechada até ‟regressoˮ, deste.

Bento Bembe está tão determinado que instruiu ainda os seus colaboradores para avisarem os seus homens a não temerem o Bissafi e o seu grupo ‟Dizer os rapazes para não terem medo. Eu tenho a situação informada ao Presidente da Repúblicaˮ. E na missiva aos colaboradores de Lourenço Bento Bembe queixou-se do Bissafi e do Bamókina Zau como os principais fomentadores da actual desordem que o FCD enfrenta. Tal como se pode ler na integra!

Excelência Senhor Ministro do Estado e Chefe da Casa de Segurança do Presidente da República.

Boa tarde.

Como sempre vim informando e aliás já tínhamos conversado sobre a desordem introduzida no FCD pelo Malogrado General Maurício Amado Zulu apoiado por José Bamókina Zau e José Tembo Bissafi (secretário do estado do interior e primeiro secretário da embaixada de Angola em Brazzaville) tenho a informar que mandei os ex-militares sob a autoridade do FCD para fecharem a Sede de Cabinda até novas ordens. Eu estou em Windhoek em consultas médicas. Logo meu regresso à Luanda irei à Cabinda trabalhar para a reconciliação das partes e pôr fim essa desordem que tem vindo a manchar o bom nome da organização. O mais grave é que conforme viu as imagens no dia do (enterro) do Gen. Zulu, o FCD e as sedes estavam a ser tomadas pelos detractores do processo de paz de Cabinda.

Att.

Gen. António Bento Bembe

Presidente do FCDˮ.

Bembe garantiu ainda aos seus colaboradores que tem todo apoio por parte do governo angolano para continuar a liderar o FCD.

‟Que tipo de colaboração e protecção precisam? Eu penso que há a colaboraçãoˮ. Quanto a protecção têm medo de quem, dum Bissafi ou de um Leba? Questionou Bento Bembe! Mas parece que Bissafi também não tem medo deste, pois neste preciso momento este controla a sede do FCD em Cabinda.

‟Se é para fechar a Sede então fecham. Eu terminei com sucesso os encontros em Luanda com os que dirigem este paísˮ. Os colaboradores de Bembe até cumpriram as suas orientações mas parece que o MPLA está a fazer um jogo duplo com as partes dividindo-os para melhor reinar. E para complicar mais ainda essa barafunda Padre Congo aceitou supostamente o pedido dos ex-militares da Flec para dirigir a organização.

O deputado e general das FAA, Bento Bembe está mesmo decidido em não perder o controlo do FCD que até mesmo doente garantiu que nos próximos dias estará em Cabinda para resolver os eternos problemas dos membros do FCD, mas quando os seus e da sua família há muito que foram resolvidos. ‟Depois do meu regresso à Luanda venho à Cabindaˮ. E instruiu os seus colaboradores a impedirem a realização das eleições no FCD. ‟Devem inviabilizar estas eleições.ˮ

António Bento Bembe, deixou sérios avisos ao herdeiro do trono do Nzulú. ‟Esta é a pior brincadeira que Bissafi está fazer. O Bissafi e o Leba podem fazer o que é e podem mudar o que é que o Zulu não fez? O Zulu teve derrame celebral porque viu-se totalmente bloqueadoˮ. Claro que o bloqueio contou com ajuda deste que é um fiel servidor da força ocupante.

‟Diz os rapazes para não temerem ninguém. Uma confusão na sede em Cabinda vai ser o fim do Bissafi. Todo futuro dele vai na águaˮ. Att. Gen. B. BEMBE.

Parece que para Bissafi não é bem assim. Só nos resta aguardar para ver qual será o novo rato a ser parido dessa barafunda que há muito que cheira muito mal uma vez que cheira a governo angolano ‟MPLAˮ o principal inimigo do povo de Cabinda.

João Sassa

#Mbembubualapress

© 2021 VOZ DE CABINDA.MBEMBU BUALA PRESS, PELA VERDADE E JUSTIÇA – CABINDA – ACIMA DE TUDO E DE TODOS

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.