ONU RECONHECE O CONFLITO EM CABINDA

Depois de mais de quatro décadas de luta, é reconhecida formalmente a existência da FLEC como grupo armado ou rebelde em Cabinda. Entretanto, Angola intensifica a pressão sobre a resistência armada. O reconhecimento do conflito está a animar debates sobre a dinâmica coerente para uma resolução pacífica do diferendo entre Cabinda e Luanda. Por José Marcos Mavungo (*) O reconhecimento foi tornado público, no dia … Continuar lendo ONU RECONHECE O CONFLITO EM CABINDA

GOVERNO NÃO APRENDE OPINIÃO DE JOSÉ MARCOS MAVUNGO

Já foi votada a nova lei que se inscreve no Plano de Reconciliação em Memória das Vítimas dos Conflitos Políticos. Mas o regime não se deixa ensinar pelos tumultos da história destes últimos 45 anos e criar as condições de reconciliação. Talvez o executivo devesse ouvir Nelson Mandela. Por José Marcos Mavungo (*) Esta quinta-feira, 21 de Maio, os deputados angolanos votaram a Lei do … Continuar lendo GOVERNO NÃO APRENDE OPINIÃO DE JOSÉ MARCOS MAVUNGO

ANGOLA E OS DESAFIOS DO CORONAVÍRUS, JOSÉ MARCOS MAVUNGO

Desde o seu surgimento na China, a pneumonia de Wuhan, como alguns pretenderam chamar ao coronavírus continua a alastrar-se pelo mundo fora; vai contaminando mais gentes e matando muitas pessoas. Agora, o Covid-19 já está em Angola, um país assolado pela fome, corpos magros, e fragilidade dos serviços administrativos. Por José Marcos Mavungo (*) O primeiro caso suspeito de coronavírus em Angola remonta a 17 … Continuar lendo ANGOLA E OS DESAFIOS DO CORONAVÍRUS, JOSÉ MARCOS MAVUNGO

MILITARES DO MPLA, CONTINUAM A PERSEGUIR REFUGIADOS DE CABINDA NOS DOIS CONGOS

O Campo de Refugiados de Cabinda, no Lundo Matende, em Lucula, no Baixo-Congo, na República Democrática do Congo (RDC) foi mais uma vez invadido por homens armados, esta quarta-feira, 4 de Setembro, à procura de refugiados ligados à resistência Cabindesa, revelou uma fonte dos refugiados de Cabinda. MILITARES DO MPLA LANÇAM TERROR EM CABINDA E NA RDC PARTILHE VIA: REDACÇÃO F8 — 5 DE SETEMBRO … Continuar lendo MILITARES DO MPLA, CONTINUAM A PERSEGUIR REFUGIADOS DE CABINDA NOS DOIS CONGOS

José Marcos Mavungo, lança apelo às instituições de defesa dos direitos humanos, sobre a Marcha Pacífica do dia 01 de Fevereiro em Cabinda

O apelo do ativista dos Direitos Humanos, filho de Cabinda e um dos grandes defensor da causa dos Cabindas, foi tornado publico, ontem 30, e é extensivo também aos homens de boa vontade. Continuar lendo José Marcos Mavungo, lança apelo às instituições de defesa dos direitos humanos, sobre a Marcha Pacífica do dia 01 de Fevereiro em Cabinda