TAAG VOA EXCEPCIONALMENTE PARA CABINDA

Infelizmente aos Cabindas lhe é negado directa e indirecta de reivindicar o seu direito à Autodeterminação de acordo o seu passado histórico e Jurídico, onde a verdade é indelével e contínua presente até aos nossos dias, como o caso da Constituição da República Portuguesa de 1933 que certificava no Artigo 1 que o território de Portugal é o que ele ocupa actualmente e compreende:

1 – Na Europa: o Continente e os arquipélagos da Madeira e dos Açores;

2 – Na África Ocidental: os arquipélagos de Cabo Verde, Guiné, São Tomé e Príncipe e seus dependentes, São João Baptista de Ajudá, CABINDA e Angola, só para citar.

Hoje é evidente e patente que esse passado histórico e jurídico, outorga ao Território de Cabinda à luz do do direito internacional, o direito de tornar-se independente quer de Portugal “Estado Proctetor” e quer do estado a que foi, involuntariamente anexado a República de Angola.

MBEMBU BUALA PRESS ( A VOZ DE CABINDA) Continuar lendo TAAG VOA EXCEPCIONALMENTE PARA CABINDA

ANÁLISE DE MAMADOU DIOUF SOBRE O PROBLEMA DE CABINDA

ANÁLISE DE MAMADOU DIOUF SOBRE A DETENÇÃO DOS MEMBROS DO MIC E DO PROBLEMA DE CABINDA Tal como na República de Angola, existem analistas no resto do mundo que abordam o “Problema de Cabinda” de forma desapaixonada trazendo sempre a verdade ao de cima! Um destes analistas é o Senhor Mamadou Diouf que ao ser convidado pela estação televisiva New World Tv (Togo), não deixou … Continuar lendo ANÁLISE DE MAMADOU DIOUF SOBRE O PROBLEMA DE CABINDA

LÍDER SUPREMO DA FLEC FAC VISITA ZONAS LIBERTADAS NO INTERIOR DO TERRITÓRIO DE CABINDA

Segundo uma fonte da Frente de Libertação do Estado de Cabinda – Forças Armadas de Cabinda /FLEC FAC, garantiu-nos que o Presidente da FLEC FAC, Emmanuel Nzita estaria neste preciso momento à efectuar uma visita relâmpago às bases militares das FAC situadas nas zonas libertadas no interior do território de Cabinda. Segundo ainda fonte o líder Supremo das FAC, chegou nas zonas libertadas (Maquis da … Continuar lendo LÍDER SUPREMO DA FLEC FAC VISITA ZONAS LIBERTADAS NO INTERIOR DO TERRITÓRIO DE CABINDA

MPLA “GOVERNO ANGOLANO” INSERE NO OGE DE 2020, 15 PROJETOS JÁ EXECUTADOS EM CABINDA

A máscara das autoridades angolanas caiu por terra, com esta tentativa, sabe-se lá há quantos anos andamos nessa geringonça contra o território de Cabinda! Pois, estratégias do género têm como principal objetivo travar o desenvolvimento de Cabinda em benéfico das elites corruptas do MPLA partes do governo angolano, a quem se destina grande parte dos parcos recursos financeiros que lhe são destinados apesar das suas … Continuar lendo MPLA “GOVERNO ANGOLANO” INSERE NO OGE DE 2020, 15 PROJETOS JÁ EXECUTADOS EM CABINDA

FLEC FAC DENUNCIA ATAQUES DAS FAA CONTRA OS REFUGIADOS DE CABINDA NOS DOIS CONGOS 

FLEC FAC DENUNCIA ATAQUES DAS FAA CONTRA OS REFUGIADOS DE CABINDA NOS DOIS CONGOS  A Frente de Libertação do Estado de Cabinda – Forças Armadas de Cabinda (FLEC FAC), denunciou  no pretérito dia 09 do mês do ano curso, num comunicado o comportamento agressivo e desumano do governo do Senhor João Lourenço, contra os refugiados de Cabinda nos dois Congos “República Democrática do Congo – RDC e República do … Continuar lendo FLEC FAC DENUNCIA ATAQUES DAS FAA CONTRA OS REFUGIADOS DE CABINDA NOS DOIS CONGOS 

Bartolomeu Capita, call Chevron to endorce the Legitimate Right of People of Cabinda

Though Chevron endorses the Global Sullivan Principles, Chevron believes the ultimate responsibility for protecting human rights rests with governments. Yet, Chevron knows that the Angolan government can’t protect human rights in Cabinda inasmuch as its power over Cabinda is devoid of legal title. So why is Chevron reluctant to endorse the legitimate right of the people of Cabinda to regain political and economic sovereignty, in … Continuar lendo Bartolomeu Capita, call Chevron to endorce the Legitimate Right of People of Cabinda