Manifestantes já em liberdade em Cabinda

MANIFESTANTES DETIDOS PELA POLÍCIA LIBERTADOS NA ESQUADRA DO TSHIZO

Os manifestantes e o jornalista detidos ontem pelas forças policiais, em Cabinda, foram postos em liberdade no mesmo dia.

De acordo com um dos rostos da manifestação, Alexandre Fernandes Caso, “fomos escorraçados, espancados pela Polícia Nacional”. O ativista apresenta lesões nas costas e queixa-se de dores.

Os manifestantes foram detidos cerca das 13:00 de ontem, quando tentavam aceder ao Hospital 1º de Maio e levados à esquadra do Yabi, onde ficaram sob detenção durante cinco horas. Em seguida, foram postos em liberdade ao início da noite na Esquadra do Tshizo.

Este movimento de ativistas tem protagonizado manifestações de protesto em Cabinda desde 2003, ano da criação da Mpalabanda, nomeadamente com críticas à gestão do diferendo de Cabinda, em especial à atuação da polícia e forças de segurança angolanas, clamando por uma resolução pacífica e justa do conflito neste território.

Reclamam ainda boa governança face às difíceis condições de vida em Cabinda, um território escandalosamente rico, mas a vida das populações, está tão insuportável – fome, doença, desemprego, debilidade dos serviços administrativos – que não se deslumbram melhores dias.

Por José Marcos Mavungo

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.