ACTIVISTA COSTA LEMBE DENUNCIA OCORRÊNCIA DE DERRAMES DE PETRÓLEO EM CABINDA

Os constantes derrames do petróleo na costa marítima de Cabinda estão afugentar a fauna marinha para o alto mar, obrigando as actividades pesqueiras correr sérios riscos.

Os pescadores locais carecem de equipamentos adequados para pesca no alto mar, tornando a sua actividade numa aventura suicida. Por falta do pescado a beira mar, os pescadores de Cabinda entram, sem alternativa, na referida aventura para buscar o sustento das suas famílias, colocando em riscos as suas próprias vidas.

Os derrames de petróleo em Cabinda são constantes numa clara violação ambiental e tornando cada vez mais difícil a vida dos pescadores que dependem da sustentabilidade da pesca.

Há dias, houve derrame nas aldeias do Mandarim, Tchiafi, Tchisisi, no Município de Cacongo. De acordo com depoimentos de um dos pescadores, a situação está muito grave pelo facto o mar de Cabinda já não ter peixe abundante, situação que os obriga a percorrer longas distâncias marítimas até ao Gabão.

Face essa situação, o governo de Cabinda ainda não tomou qualquer posição concreta para inverter o quadro actual. Entretanto, apela os pescadores a não fazer pesca junto da indústria petrolífera.

Por Da Costa Lembe

#Mbembubualapress

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.