JEAN CLAUDE N´ZITA APELA “ACÇÕES HUMANITÁRIAS” EM PROL DOS REFUGIADOS DE CABINDA NO CONGO FACE À PANDEMIA DO CORONAVÍRUS (COVID-19)

ACÇÕES HUMANITÁRIAS EM PROL DOS REFUGIADOS DE CABINDA NA RDC E NA REP. DO CONGO

Estimados compatriotas de Miconje ao Yema e de Massabi ao Zenze do Lucula, a década de 70 marcou para nós os Cabindenses o início de uma jornada extremamente difícil fora do nosso solo pátrio “O Exílio” sobretudo na República Democrática do Congo (ex-Zaire) e na República do Congo (Brazzaville).

Num período em que o mundo enfrenta a Pandemia do Coronavírus (Covid-19) e, tendo em conta as dificuldades dos nossos irmãos nos dois Congo´s, urge a necessidade de unimos esforços com “Acções Humanitárias” no sentido de acudirmos não só as dificuldades que estes enfrentam e bem como projete-los de uma possível crise alimentar que poderá afectar o continente africano, como consequência económica face à Pandemia de Covid-19.

Em face disto, convido todos os filhos de Makongo, Mangoyo e Maluango, residentes em Cabinda e na Diáspora ( em África, na Europa, nos E.U.A e na Ásia) à contribuírem com o que poderem sobretudo com bens alimentares não perecíveis e medicamentosos que devem ser encaminhados para os centros dos Refugiados de Cabinda na RDC e na República do Congo.

Jean Claude N´Zita

Presidente da “ONG” Humanitária, Associação dos Cabindas na Suíça

Um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.